Um Projeto Educativo de Escola deve, sobretudo, projetar-se para o futuro. Trata-se de elaborar um plano de ação que, assimilando os recursos e as experiências já existentes, vá assegurar uma maior dinâmica da Instituição, a médio e a longo prazo. Os dias passam no calendário, um após o outro, parecendo não haver tempo para parar, para pensar, para olhar os outros e o mundo, de forma mais simples, mais serena e mais próxima. A velocidade dos acontecimentos transforma o espaço em que vivemos, alterando, rapidamente, a realidade que achávamos dominar e/ou conhecer. Porque não há tempo, porque não temos tempo, cometemos alguns erros que nem damos conta, deixando a ação ser ultrapassada pela razão e pelos sentimentos, num atordoado de comportamentos, de reações e de preocupações que não são mais do que respostas rápidas e imediatas, compostas de “Sim” e “Não”, pela URGÊNCIA DA RESPOSTA, que devia ter sido ontem. Viver cada dia de forma capaz, olhar a vida com tempo, viver o tempo e no tempo com a qualidade pedida e merecida, é o que de forma mais cuidada e atenta vamos pedir a todos e a cada um, durante os três anos de vigência deste projeto. Cuidar gestos, cuidar regras, cuidar consumos, cuidar hábitos de vida, vão ser para nós trabalho diário e desafio constantes, porque:

“Há coisas que não se compram…
Há coisas que não se vendem…”

 

Projeto educativo 2015-2018